PARA O UNIVERSO ATENDER OS PEDIDOS

Hoje me lembraram de mais uma coisa que quero compartilhar com vocês:

Sabemos que vivemos num mundo de energia e que fazemos parte deste mundo envolto no campo quântico. Atraímos aquilo que vibramos, o que a ressonância nos mostra através de eventos como o diapasão que vibra a corda que está na mesma frequência, mas na maioria das vezes estamos desconectados dessa realidade.
Quando pedimos através de uma reza, principalmente quando estamos muito necessitados ou em crise, como fazemos a nossa oração? Qual a frequência que vibramos, a de um carente? De um angustiado? De uma vítima? De que fizemos de tudo e não conseguimos?  De um incapacitado que precisa de uma ajuda? Veja, todas essas situações atraem vibrações de falta, de escassez, de vítima. Então, é mais do que natural que não sejamos atendidos e ficaremos eternamente passando o chapéu de pedinte?
Precisamos vibrar na frequência da abundância, da plenitude, da conciliação e para isso, nada melhor que vibrarmos na frequência do agradecimento, ao invés de pedir, agradecer que tudo já recebemos. Essa frequência de agradecimento, de conciliação e de plenitude é o que nos permite fazer esse acesso e manifestar os nossos desejos, que sempre devem ser para o bem comum.

No domínio da potencialidade, tudo já está concretizado e precisamos então, entrar em sintonia com o Universo para poder acessar o que desejamos manifestar.
A nossa mente e os nossos sentimentos, emanam vibrações constantemente e a mudança de pensamento e raciocínio é a base para mudarmos a frequência vibratória. Podemos entender então, porque comportamentos iguais levam sempre ao mesmo lugar e se queremos resultados diferentes, temos que mudar a nossa vibração.



Toshihiro Asamura

 

Copyright © 2020 asamura.com.br - Todos os direitos reservados.