A FAMÍLIA

O que é uma família

Uma família é um agrupamento de espíritos ligados entre si por laços espirituais, que podem ter sido gerados de quatro formas possíveis:

- Laços cármicos de afinidade;

- Laços cármicos de divergência;

- Programação dos Benfeitores;

- Ato de bondade de espíritos mais evoluídos.

Os espíritos são reunidos na mesma família por uma programação reencarnatória feita por benfeitores espirituais, em função das necessidades evolutivas dos reencarnantes com a finalidade de resgatarem suas faltas, servirem de provações e auxiliarem uns aos outros em seus processos de aprendizagem evolutiva.

No atual estágio evolutivo, muitos de nós já temos condições de participar do nosso planejamento reencarnatório e a experiência mostra que isso é frequente. Podemos até pedir ajustes na programação e, se os pedidos forem úteis para nossa proposta evolutiva, serão atendidos.

A constituição da nossa família, portanto, não é obra do acaso. Nossa família não é um agrupamento aleatório de pessoas, mas sim a consequência de ligações construídas por nós mesmos em vidas passadas e no mundo espiritual nos períodos entre uma reencarnação e outra, ou o resultado de planejamentos de espíritos benfeitores em função das nossas necessidades evolutivas, ou escolhas de espíritos mais evoluídos que resolveram nos ajudar.

A família é a escola fundamental para nosso progresso espiritual, onde temos oportunidades de resgatar nossas faltas, buscar reajustes e reconciliações com adversários, experimentar provações, fortalecer laços afetivos que trazemos de vidas passadas, e experimentar o amor incondicional dos pais que cuidam dos filhos independente de quem  eles realmente sejam ou do que fizeram no passado.

O desafio da convivência faz parte do nosso aprendizado espiritual, o lar terreno é um laboratório onde podemos praticar virtudes como paciência, tolerância, compreensão, perdão e tantas outras, exercitando o amor ao próximo mais próximo, para um dia aprendermos a amar também o próximo mais distante, humanidade inteira, que será a nossa grande família.

Atraímos e somos atraídos por pessoas com quem criamos laços energéticos, sejam eles de amor ou ódio, de afinidades ou de divergências. Por isso, a família é cenário de muitos reencontros. Reencontros de amigos, inimigos, amores sinceros, amores mal resolvidos, adversários, companheiros de trabalho e de vários outros relacionamentos, que se conservaram, muitas vezes, por séculos ou milênios.

Por outro lado, nem sempre ocorrem reencontros. Se nossas encarnações fossem sempre junto com as mesmas pessoas, nossas opções de aprendizado ficariam extremamente limitadas, porque só aprenderíamos a amar somente algumas pessoas, prejudicando o objetivo de um dia amarmos toda a humanidade.

(Do livro Encontrando e Vivenciando o Sentido da Vida, 2016, de José Dutra).

 

José Dutra

Psicoterapeuta Reencarnacionista

Autor de livros:

  • Encontrando e Vivenciando o Sentido da Vida;
  • Espiritismo para Iniciantes e Iniciados;
  • Vivenciando a Reforma Intima.

Professor de Espiritismo, Evangelho e Educação Mediúnica
e-mail:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

© 2019 asamura.com.br - Todos os direitos reservados